Vôlei Feac/Franca estreia sábado na Superliga B

A Superliga B, segunda divisão do voleibol brasileiro, começa a temporada 2020 neste final de semana, 25, com a realização de 4 partidas. Presente nesse certamente pelo segundo ano consecutivo, o time da Feac/Franca, com cerca de 15 atletas em plena preparação (fará um jogo treino contra Valinhos à noite), terá sua estreia no sábado em São José dos Pinhais, na grande Curitiba.

    Muitas emoções estão no aguardo dos apreciadores do vôlei, onde estará em jogo a disputa pelo título e pelo acesso à elite nacional da modalidade. Das oito equipes participantes que jogarão entre si as duas primeiras ganharão o direito ao acesso e as duas últimas cairão para a série C. Das sete partidas previstas em turno único a Feac/Franca fará 3 em casa e 4 fora, realizando seu primeiro jogo no Champagnat dia 1º de fevereiro contra o Itajaí Vôlei. A terceira exibição será novamente fora de casa, contra a Chapecoense, também de Santa Catarina.

Marcando essa primeira rodada, além de São José dos Pinhais x Franca/Feac/AFV, que jogarão às 18 horas, os demais jogos no dia 25 envolverão:

- Bradesco Esportes (SP) x Sport (PE), no ginásio do Bradesco Esportes, em Osasco (SP), às 16h30

- Itajaí Vôlei (SC) x ACV/PMC/Chape/Uno (SC), no Ivo Silveira, em Itajaí (SC), às 18h30

- Brasília Vôlei (DF) x Agee (SP), no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF), às 19h30

    O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro. A agremiação local realiza seus treinamentos no Champagnat e tem o patrocínio da Prefeitura, através da Feac e o projeto Bolsa Atleta que garante o suporte para presença das meninas reveladas e formadas em sua maioria nas categorias de base.

 

A competição

    A Superliga B começou em 2012, quando apenas a versão masculina foi realizada. As mulheres entraram em ação a partir de 2014. Em 2020, na nona edição masculina e sétima feminina, serão oito times em cada naipe movimentando ginásios em sete estados brasileiros.

   A Superliga B feminina contará com oito participantes entre velhos conhecidos como o Bradesco Esportes (SP), que chega à quarta participação, o ACV/PMC/Chape/Uno (SC), que vem da Superliga C, mas já participou da B em outras duas temporadas, o São José dos Pinhais (PR), clube com maior número de edições, que esteve presente em cinco, a Feac/Franca/APV, que aparece na Superliga pelo segundo ano. Entre os estreantes estão clubes que desceram da elite, como o Brasília Vôlei (DF), e o Itajaí Vôlei (SC). Além destes, participarão ainda outros dois clubes vindos da Superliga C: o AGEE (SP) e o Sport Club (PE).