Fim de semana recheado de esportes dá movimento à cidade

O fim de semana passado esteve recheado de atividades esportivas nos quatro cantos da cidade. No sábado 18, no Ginásio Demétrius Soares, localizado no complexo esportivo do antigo Colégio Champagnat, aconteceram as partidas da Liga APV (Associação Pró Voleibol) entre as equipes do Vôlei Adaptado – para pessoas da melhor idade –, tendo Franca como cidade sede desta etapa classificatória. Foram 3 jogos do time feminino, que ganhou as partidas contra as equipes de São Carlos e Rio Claro, ambas por 2 sets a 0. Contra a equipe de Sertãozinho, o time do técnico Caetano Barcarolli e da assistente Júlia Barion, não se apresentou tão bem, perdendo por 2 sets a 0. No entanto, de acordo com o técnico Barcarolli, o saldo foi muito positivo para a tabela classificatória. 

No masculino Vôlei Adaptado, a cidade de Jaú não pode vir, e o time francano realizou duas partidas, vencendo os jogos contra São Carlos e Sertãozinho por 2 sets a 0. A equipe masculina também é dirigida pelo técnico Caetano Barcarolli, tendo como assistente Júlia Barion. 

A equipe francana infantil de vôlei também se apresentou no sábado pela Liga APV e, num jogo bastante disputado contra o time de Ibaeté/SP, venceu por 3 sets a 0, dando importante passo rumo à classificação para a fase seguinte.  Segundo o técnico Rafael Gonzales, que tem como assistente Sebastião do Carmo, os garotos se postaram com muita maturidade em quadra, administrando muito bem o resultado. Os times do vôlei recebem apoio da FEAC, com abertura das quadras municipais para a realização de treinos e jogos, taxa alimentação, taxa de viagem, de arbitragem e transporte. 

Segundo Marisol Gardenzi, educadora física e Gerente de Esportes da Divisão de Esportes da FEAC, a orientação do Prefeito Gilson de Souza é apoiar todas as categorias de base dos esportes na cidade. De acordo com Marisol, muitos atletas que compunham os times de Franca, nem sequer moravam em Franca, eram contratados em outras cidades a custo alto e sem retorno para a formação dos atletas do município: “com Gílson de Souza, a orientação mudou radicalmente e, agora, só podem receber incentivo da prefeitura, jovens que comprovem residência fixa na cidade”, completa Gardenzi. 

Ainda no Complexo Esportivo do Champagnat, o futebol americano, esporte que começa a tomar corpo na cidade, atraiu grande público para o campo de futebol gramado e mesmo debaixo de forte chuva, o time de Franca “Os Carrascos” contou com apoio de grande número de torcedores e venceu a equipe de Passos por 2 a 0. 

Completando a rodada esportiva do fim de semana, a Meia Maratona organizada pelo campeão Sul Americano da prova de 21 km Serginho, teve atletas de Franca/FEAC no lugar mais alto do pódium: Francisco Carlos da Silva conquistou o primeiro lugar nos 21 km, Adriana Cândido de Souza, o 1º lugar dos 10km, tendo Mariana dos Reis, em 4º. No masculino juvenil, o atleta Miller Evangelista do Nascimento conquistou a 3ª colocação na prova dos 10 km. E na distância de 10km ACD – Atleta com Deficiência – o corredor Rodrigo Caprício conquistou o 1º lugar.