Pinacoteca sedia exposição com 3 artistas que pintam com a 'Boca e os Pés'

    A Pinacoteca Municipal ‘Américo Maciel de Castro Júnior’ abre a partir desta sexta-feira, seguindo até o dia 20, a exposição artística ‘Talento e Inclusão: Pincelando com a Boca e os Pés’, reunindo quadros de três importantes pintores da cidade, que integram a Associação dos Pintores com a Boca e os Pés, uma entidade de nível internacional e que no país conta com mais de 50 artistas integrados. Os quadros estão expostos no segundo andar do prédio da Casa da Cultura e do Artista Francano ‘Abdias do Nascimento’ (Praça Carlos Pacheco, em frente ao Cemitério da Saudade), com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
     A instituição dos Pintores com a Boca e os Pés surgiu em 1956, numa cidade alemã próxima à Munique, quando Arnulf Erich Stegmann, um artista que pinta com a boca, reuniu um pequeno grupo de outros talentos com as mesmas limitações de 8 países. A proposta era conseguir um meio de ganhar o seu próprio sustento, através de seus esforços artísticos e obter uma segurança de trabalho que, até então, eles não tinham. Atualmente, são cerca de 800 artistas distribuídos em 77 países, dos quais em torno de 55 em atividades no Brasil.
     Na exposição, que ocorre na Casa da Cultura, estarão expostas obras dos artistas Maria Goret Chagas, José Henrique Breda, ambos residentes em Franca, mas com ativa participação na associação e eventos em todo o país e o jovem Diogo Silva, de 10 anos, morador de Restinga. 
     Aliando sensibilidade artística com criatividade, esses pintores mesmo com essas limitações têm se superado a cada oportunidade, produzindo obras de rara beleza e qualidade técnica, inclusive promovendo demonstrações ao vivo.  Muitos destes artistas, além dessa capacidade criativa, reproduzindo as mais diversas situações do cotidiano social, na medida das oportunidades que surgem, participam de palestras e demonstrações de pintura para escolas, empresas e outros grupos interessados, oferecendo uma melhor compreensão do trabalho que está sendo feito pela associação e as possibilidades disponíveis, como oportunidades para as pessoas com deficiência. 

FEAC realiza Congresso Técnico sobre a Copa de Basquete

      Está programado para a noite desta quinta-feira, 5, às 19h, o Congresso Técnico da Copa de Basquete de Franca, competição organizada pela FEAC (Fundação Esporte, Arte e Cultura). Esse é o segundo grande evento de esporte coletivo, que a FEAC define as regras de realização. Na semana passada, foram acertados os detalhes para a organização dos Campeonatos de Futebol Varzeano e de Veteranos, com 13 agremiações inscritas em cada categoria e uma estimativa de participação direta de 650 atletas.
     A Copa de Basquete conta a presença confirmada de 20 agremiações, cujas inscrições foram recebidas até a última terça-feira. No Congresso Técnico, que acontece na sede da FEAC, na Avenida Francisco de Paula Quintanilha Ribeiro, 550, Parque Francal, os dirigentes das agremiações conhecerão as formas de disputa, com a tabela contendo os grupos, datas e horários para a realização dos jogos. 
     Para o presidente da FEAC, Mateus Caetano, o interesse demonstrado pelas equipes, confirmando a inscrição, já atesta que o certame será um sucesso, envolvendo uma modalidade das mais populares na cidade, com oportunidade para que dezenas de talentos mostrem suas habilidades. O público poderá acompanhar, gratuitamente, os jogos das equipes distribuídas a partir da primeira fase, em categorias nos grupos Ouro, Prata e Bronze.
 
Equipes participantes
Ribeirão Corrente, Young Promises, Rafa's, Ballers, Blue Bear, Manoel Adulto, O Esporte Amador, Guará Basquete, Brewers, Heineken, Poli, Tigers, Arena Brasilândia, Wolves, Athletics/Sun West, Jussara, Manoel Basketball, Ratata-ta
Sharks e Farmácia São Matheus.
     De acordo com os organizadores, ao final do certame, que deve começar na segunda quinzena deste mês, serão premiados com troféus e medalhas, o campeão e vice-campeão das séries Ouro e Prata, assim como, o campeão da série Bronze. O maior pontuador e o melhor jogador do campeonato também serão reconhecidos com uma premiação compatível.

Atleta da FEAC obtém vaga em Centro de Alto Rendimento de Judô

 
      A atleta francana Maria Victoria Souza Silva, integrante das equipes de representação da FEAC (Fundação Esporte, Arte e Cultura), acaba de ser contemplada com uma vaga no Centro de Excelência Esportiva em Judô, em São Bernardo do Campo. A jovem, que iniciou a carreira aos 6 anos, tem um histórico de conquistas, sagrou-se campeã da Copa São Paulo, em 2016 e vice-campeã, em 2019, entre outros resultados positivos.
     Seus primeiros passos foram dados, através dos projetos sociais da Associação Kiai Kan de Judô, em meados de 2012, no Jardim Santa Maria,  com o apoio da Prefeitura, por meio do Projeto 'Escolinhas de Iniciação Esportiva', com orientação dos técnicos Luzia Oliveira e Carlos Zacarias. 
     Maria Victória é resultado desse trabalho e tem levado o nome do Judô Francano e da Associação, onde iniciou nesse esporte, em diversas cidades e competições. A atleta ganhou inúmeros títulos, durante os últimos anos, como, por exemplo, foi a 3ª colocada nos Campeonatos Paulista Fase Final Sub-13, em 2018 e Brasileiro Região V, em 2019, e agora, conquista um novo lugar para morar e treinar, após uma seletiva, passando a integrar o seleto Centro de Excelência Esportiva, em São Bernardo do Campo/SP, onde estão os atletas de ponta de todo o Estado.
    Neste ambiente, em meio a muitos outros atletas de alto rendimento, Victória tem sua merecida vaga, passando a compor a equipe de treinos do Centro de Excelência, onde poderá se aperfeiçoar no esporte para continuar representando o município, a FEAC, o Estado e a Associação onde começou a carreira.

Circuito SP é + Esporte reúne mais de 1,7 mil participantes

      O evento esportivo programado para do dia 1º de Maio, Circuito SP é + Esporte, organizado pela Secretaria Estadual de Esportes, a Prefeitura de Franca e a FEAC (Fundação Esporte, Arte e Cultura), reuniu um público estimado de mais de 1,7 mil participantes. Como teve um caráter solidário, mesmo com a doação não obrigatória, foram arrecadados cerca de 1,5 mil litros de leite, repassados nesta segunda-feira ao Fussol (Fundo Social de Solidariedade).
     O produto será colocado à disposição da Secretaria Municipal de Ação Social para o repasse às instituições de assistência cadastradas no município. 
    A presidente do Fussol, primeira dama Cynthia Milhim Ferreira aproveitou para agradecer os organizadores pela destinação e os esportistas que foram sensíveis ao apelo e demonstraram o seu espírito solidário, destacando que centenas de famílias serão beneficiadas pela ação.

 

Bolsistas da FEAC brilham no Circuito
     Nas provas com percurso de 5 quilômetros, masculino e feminino, os primeiros colocados foram os atletas Wesley da Silva Pereira e Isadora Duarte. No masculino, os segundo e terceiro colocados foram Fernando Henrique e Diego da Costa Ponte e no feminino, Adriana Cândido de Souza e Letícia Sara Santos. 
     Já na prova dos 10 quilômetros, no feminino, a grande campeã foi Maria Zuza, enquanto no masculino, em primeiro lugar ficou Guilherme Teodoro. Em segundo e terceiro lugares ficaram com Leonardo Moretti e Gilsandro Gomes, no masculino, enquanto no feminino, Ludimila Silva e Lívia Paula Crispim completaram o quadro dos três primeiros colocados.
     O presidente da FEAC, Mateus Caetano, elogiou a organização do evento, a parceria com o Estado e a equipe que cuidou de toda a logística. Agradeceu e destacou a importância do suporte das equipes da Guarda Municipal e da Polícia Militar, enaltecendo a participação de todos que se inscreveram, fizeram doações e de modo especial, o desempenho dos atletas bolsistas, que demonstraram na prática que estão fazendo uso adequado do incentivo que recebem, se preparando de forma correta para os eventos de representação da cidade.

Reformulado, "Franca Feito à Mão" amplia quantidade de participantes

     

     A FEAC (Fundação Esporte, Arte e Cultura), em parceria com o FUSSOL (Fundo Social de Solidariedade), anuncia para o próximo sábado (7) véspera do Dia das Mães, a retomada do Projeto 'Franca Feito à Mão', na Praça Carlos Pacheco, ao lado da Casa da Cultura e do Artista Francano 'Abdias do Nascimento'.

     Na última sexta-feira, uma reunião na Casa da Cultura com os participantes, definiu os detalhes para o funcionamento. Após a realização de processo seletivo organizado pela FEAC, foram credenciados 26 expositores para esta nova etapa.

     O projeto objetiva a divulgação do artesanato, arte, culinária e costura criativa, valorizando o trabalho dos artesãos e artistas da cidade, preservando a tradição cultural, além da geração de renda para os participantes.

     A partir deste sábado (7) no horário das 9 às 15h, os francanos poderão contar com mais uma opção de lazer e compras, especialmente para o Dia das Mães, comemorado no próximo domingo (8).

     O Projeto 'Franca Feito à Mão' passará a ser realizado semanalmente aos sábados, no horário das 9 às 15h, na praça Carlos Pacheco.