Prefeitura inicia revitalização em área comunitária na Santos Dumont

     A Prefeitura reassumiu o espaço público, antes destinado ao Centro Comunitário da Vila Santos Dumont, na Estação e começou um processo de revitalização, que vai transformá-lo num amplo espaço de lazer e convivência para os moradores da região. 
     O trabalho está sendo conduzido por equipes da FEAC (Fundação Esporte, Arte e Cultura) e técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, que definiram o plano de recuperação do local para devolvê-lo para utilização da comunidade.
     A ideia é preservar alguns dos equipamentos existentes, promovendo os reparos e adequações necessárias, com destaque para o salão de eventos, uma quadra de esportes dotada de arquibancadas, entre outros. 
     Nesses primeiros dias, as equipes da Secretaria de Meio Ambiente trabalharam no levantamento de copas das árvores e remoção dos entulhos existentes, com o registro de uma dezena de caminhões cheios retirados. Também já foi feita a terraplenagem parcial de alguns pontos, nivelando a área de tal forma que, na sequência, sejam estabelecidos os trajetos da futura pista de caminhada, que deverá ser construída nesse Centro de Convivência.
 
 
Atividades Esportivas e Culturais
     Além de abrir o espaço para utilização da comunidade, o projeto de revitalização prevê a implantação de um Centro de Treinamento para o Tênis de Mesa, no salão já disponível, cuja iluminação está sendo substituída e possivelmente uma Escola de Violão.  Também tem o campo de chacrobol e a quadra poliesportiva, reservados para uso da comunidade e se possível, implantar núcleos de escolinhas de iniciação esportiva, a partir da atribuição de aulas. 
     Para equipar o Centro de Treinamento de Tênis de Mesa, a Prefeitura já adquiriu todo o material básico e os treinamentos específicos para iniciantes e atletas de representação, serão realizados de segunda a sexta-feira. Isso deve ocorrer nas próximas semanas, com a volta às aulas. Outras opções, tanto de esportes, como de cultura poderão ser acrescidas, na medida em que essas melhorias forem sendo concluídas, de acordo com a demanda e o interesse da comunidade da região.